Ex-prefeito de Nova Venécia terá de pagar multa e gasto com obra

A partir de A√ß√£o Civil P√ļblica (ACP) por ato de improbidade administrativa apresentada pelo Minist√©rio P√ļblico do Estado do Esp√≠rito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justi√ßa de Nova Ven√©cia, o ex-prefeito do munic√≠pio Wilson Luiz Venturim, conhecido como Wilson Japon√™s, foi condenado ao pagamento de multa no dobro do valor de dois lotes e a ressarcir gastos com as obras de pavimenta√ß√£o em um loteamento irregular na cidade. Ele tamb√©m teve os direitos pol√≠ticos suspensos por oito anos. O empres√°rio Fausto Afonso Cremasco tamb√©m foi condenado a pagar multa no mesmo valor, al√©m de ter os direitos pol√≠ticos suspensos.

 

Segundo a a√ß√£o, Japon√™s utilizou servidores municipais e dinheiro p√ļblico, quando ainda era prefeito de Nova Ven√©cia, para realizar o cal√ßamento de uma rua em um loteamento clandestino. O loteamento foi iniciado por Fausto. Em troca, Japon√™s recebeu do empres√°rio dois lotes, onde construiu uma casa. O im√≥vel foi tomado pela Justi√ßa em 2014 em favor do munic√≠pio de Nova Ven√©cia, a pedido do MPES em outra a√ß√£o relacionada aos mesmos fatos. Atualmente o local abriga a sede da Defesa Civil no munic√≠pio.

ÔĽŅ
ÔĽŅ