Aula show em Guarapari lança Programa Cozinha Capixaba

Com alimentos e produtos que valorizam a gastronomia do Espírito Santo, o Programa Cozinha Capixaba — uma parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) e o Sesi-ES — foi lançado na noite desta quarta-feira (07) com uma aula show na Praia da Areia Preta, em frente ao Radium Hotel, em Guarapari.

O evento contou com a presença do governador Paulo Hartung, do secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto e autoridades locais.

O chef Juarez Campos foi o responsável por ministrar a aula para 60 convidados, na unidade móvel do programa: uma cozinha didática, adaptada em uma carreta, totalmente equipada.

O governador Paulo Hartung destacou a parceria do Governo junto à Federação das Indústrias do Espírito Santo (FINDES) para levar capacitação e padronização da culinária capixaba. “Esse equipamento irá percorrer o Estado todo. Com esse projeto queremos fortalecer nossa cultura e, dentro deste contexto, a culinária é muito importante”, ressaltou.

Os primeiros municípios a receberem o Programa serão São Mateus e Conceição da Barra. As inscrições vão até sexta-feira (09) e são feitas pessoalmente, no local indicado pelas Prefeituras. Confira no link as informações das datas dos cursos e local onde se inscrever no link: https://goo.gl/mFfxZ4. 

A programação prevê dois cursos de capacitação por semana em cada município, de segunda-feira a sexta-feira, em dois períodos com 20 alunos em cada um deles, com duração de 20 horas semanais.

 

 Cozinha Capixaba 

O Programa Cozinha Capixaba é voltado para profissionais da área gastronômica e tem o objetivo de oferecer a capacitação para desenvolver a gastronomia regional, capacitar os profissionais e, com isso, incentivar o turismo, e gerar emprego e renda. Além disso, serão valorizados os produtos produzidos no Estado, como embutidos, queijos, frutos do mar e carnes. Vinte e cinco municípios receberão os cursos.

As aulas serão ministradas nas unidades móveis do programa, com capacidade para os alunos acompanhem cada uma das aulas ministradas em seu interior.

 Na parceria, a Seag ficará responsável por custear o curso e as prefeituras as demais despesas.