Interior de Aracruz e João Neiva vão ganhar telefonia móvel e internet 3G

Mais tecnologia, comunicação e infraestrutura para os municípios de Aracruz e de João Neiva. Na tarde deste sábado (03), o Governo do Estado – por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) – realizou a assinatura de Ordem de Serviço para instalação de antenas de telefonia móvel e internet 3g, do Programa Campo Digital, nas comunidades de Córrego Alegre – localizada no distrito de Guaraná – em Aracruz e Demétrio Ribeiro – em João Neiva.

Participaram das solenidades em Aracruz, o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, e também autoridades estaduais e municipais. Em João Neiva, além do secretário, participou o prefeito, Dr. Otávio Xavier; o vice-prefeito, Geraldo Barcelos, vereadores e autoridades estaduais. 

O secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, destacou os investimentos do Estado na agricultura dos municípios. "Esses investimentos foram possíveis porque o governo está com as contas em dia. Já entregamos uma escavadeira hidráulica para Aracruz e agora vamos entregar mais duas antenas. A empresa tem o prazo de oito meses para fazer a instalação", comentou o secretário. 

O proprietário rural e presidente da Associação dos Moradores, de Córrego Alegre, Mauro Demartha, considera a instalação da antena um marco para a comunidade. "A antena vai beneficiar mais de 80 famílias da região. Vai ser uma janela para um futuro melhor", disse o proprietário.

 

Campo Digital 

Como forma de facilitar a comunicação do homem do campo e levar a inclusão social às comunidades do interior do Espírito Santo, o Governo do Estado – por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) – lançou o novo programa de instalação de antenas de telefonia móvel rural, o “Campo Digital”. Serão 100 antenas espalhadas pelo Estado.

O investimento total será de R$ 30 milhões e o pagamento às empresas vencedoras será feito por meio de Concessão de Crédito Outorgado de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Após a ordem de serviço as empresas terão prazo de oito meses para fazer a instalação das antenas. Também foi criada uma comissão para acompanhar todo o processo de contratação.