Novo aeroporto de Linhares terá capacidade para atender aeronaves como o Boeing 757-200

Na próxima segunda-feira (30) o prefeito de Linhares Guerino Zanon e o governador do estado do Espírito Santo Paulo Hartung assinarão a ordem de Serviço para o início das obras do novo Aeroporto de Linhares. A cerimônia será às 16 horas no pátio de estacionamento do aeroporto, na BR 101, Km 142. A obra está orçada em R$ 38 milhões e o prazo para a sua conclusão é de 12 meses. A obra é uma parceria entre o Governo Federal, o Governo do Estado do Espírito Santo e a Prefeitura de Linhares. 

O prefeito de Linhares Guerino Zanon destaca que quando pronto, o novo aeroporto irá melhorar a infraestrutura do Estado contribuindo significativamente para o desenvolvimento regional e atenderá a demanda de passageiros para voos regionais e executivos das Regiões Norte e Noroeste do Espírito Santo, e também servirá como alternativa para voos que pousariam na capital.“Linhares hoje é uma referência nacional em diversos setores como o agronegócio e o polo metalmecânico, por isso o novo aeroporto vai despertar o interesse de investidores nacionais e internacionais, além agregar e gerar movimentação turística, cultural e financeira”, destacou. 

Guerino também reforça que infraestrutura é desenvolvimento e as aerovias têm papel fundamental em alavancar empregos e atrair novas empresas. “Essa obra vai beneficiar não só Linhares, mas toda a região Norte e Noroeste do Estado, com o transporte de cargas e de passageiros, e até mesmo o nordeste de Minas e sul da Bahia”, pontuou.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Lorenzoni, enfatizou a importância de um aeroporto capaz de receber voos regionais para Linhares e região. "Um dos objetivos da gestão municipal é atuar para transpor os obstáculos e dar início a essa obra tão esperada. O governo do Estado tem sido um grande parceiro e o novo aeroporto é um grande e importante passo dinamizar e fortalecer a nossa economia", frisou. 

 

Novo Aeroporto 

O novo Aeroporto de Linhares terá uma nova pista de pousos e decolagens. A extensão da pista será aumentada de 1.350 metros para 1.850. O terminal de passageiros será ampliado de 60m2 para 2.500 m2. Também serão realizadas obras de melhoramento da pista de taxiamento e ampliação do pátio de aeronaves. Está prevista ainda a implantação de sinalização horizontal e luminosa, o que permitirá que o terminal passe a operar a noite. A Resa (área de segurança de fim de pista) é de 240 metros em cada cabeceira, conforme projeto. 

O novo aeroporto terá condições de receber voos comerciais com capacidade de até 180 passageiros além de aeronaves até a classe Boeing 757-200, geralmente cargueiros.