Filho de pastora presa por morte de filhos está com amiga em Minas Gerais

O filho da pastora Juliana Sales Alves, presa nesta quarta-feira (20) por omissão no caso da morte dos filhos Kauã e Joaquim, está com uma amiga da família em Teófilo Otoni, Minas Gerais.

A informação consta no boletim de ocorrência da prisão da pastora. Ela segue no Presídio de Teófilo Otoni, segundo a Secretaria de Administração Prisional de Minas Gerais.  

Joaquim, de 3 anos, e Kauã, de 6 anos, morreram carbonizados dentro de casa, em Linhares, no dia 21 de abril. O marido de Juliana, o pastor George Alves, foi acusado de estuprar, agredir e queimar as crianças vivas. O terceiro filho da mulher não estava na casa no momento do crime. George Alves está preso desde o dia 28 de abril, mas a prisão dele era temporária.

Agora, o Ministério Público conseguiu a prisão preventiva de Juliana e de George, por tempo indeterminado, pelos crimes de duplo homicídio, estupro de vulneráveis e fraude processual. George ainda vai responder pelo crime de tortura.


Com informações do G1