A incrível transformação de uma das mais belas praias capixabas - Por Fabrício Lucindo

Hoje o colunista traz fotos de seu arquivo pessoal, e explica com dados importantes:

Um pouco da história da Praia de Iriri, em Anchieta, balneário com cinco praias mais conhecidas:  Areia Preta, Costa Azul, Namorados, Santa Helena e Inhaúma, além de outras mais desertas.

Antes de se transformar na Búzios Capixaba, Iriri foi uma fazenda, loteada no final dos anos de 1940 e início dos anos 50, época em que foram construídas as primeiras casas; A que a grande maioria dos lotes iniciais, foram vendidos para moradores do Sul do Estado, já que não existia ainda a ponte sobre o Rio Benevente em Anchieta, então, o acesso não era fácil para quem vinha do norte.

O primeiro Hotel do Balneário foi o Ilmenita, construído em 1952 e resiste até hoje, apesar da enorme concorrência atual. Outras curiosidades interessantes da época era que, como não havia energia, muitas casas foram construídas sem tubulação para eletricidade, água encanada, então, nem pensar...

Dizem os antigos moradores que, alguns proprietários rurais mandavam as famílias para o balneário para passar o verão e levavam junto todo tipo de mantimentos e algumas vaquinhas para fornecer leite para a meninada e cavalos para diversão e transporte.

Na década de 60 foi inaugurado o clube Iriri Praia Clube e pelos relatos, era o ponto alto do carnaval, criando a tradição carnavalesca do balneário que prevalece até hoje. Como o carnaval cresceu demais, em poucos anos os foliões ganharam as ruas e abandonaram o clube, com isso ele encontra-se totalmente abandonado e em escombros. O carnaval é na rua e nos bloquinhos mesmo.

Sobre as fotos

As fotos são do meu arquivo pessoal e de minha família, que sempre frequentou os verões de Iriri. Notem que na fotografia de fevereiro de 1958, ano da conquista da copa do mundo da Suécia e da inauguração de Brasília, as primeiras castanheiras estavam sendo plantadas na praia da areia preta, poucas casas e as roupas de banho eram para lá de comportadas.

Hoje Iriri se tornou quase uma cidade, e a exploração imobiliária desordenada está destruindo aos poucos a beleza natural do local. É como eu sempre digo: “se Brigitte Bardot tivesse passado por aqui, Iriri seria Búzios!!”.

Fabrício Lucindo Lima é delegado de Polícia Civil