Morte de Borges: Três suspeitos são presos após fuga a bordo de Corsa

A Associação de Cabos e Soldados anunciou que a última homenagem prestada ao soldado Walter Anderson Borges da Silva, 29 anos, morto ao ser baleado no Jardim Colorado, Vila Velha, na noite desta segunda-feira (13), será no Quartel do Comando Geral (QCG).

A SCB nada disse sobre o sepultamento ao divulgar que “lamenta a morte deste militar e presta toda a solidariedade e suporte a família”.

Conforme o ES 24 Horas divulgou no início desta manhã de terça-feira (14), Borges, como era chamado, estava em uma festa juntamente com a esposa, que está grávida de nove meses, e a filha, de dois anos de idade.

Quando ele foi ao carro, segundo a ACB para buscar um casaco, acabou baleado e morreu no Hospital Antônio Bezerra de Farias. Os criminosos teriam fugido em um veículo Corsa.

Suspeitos

Fotografias de três indivíduos que estariam envolvidos na morte do militar, e que foram detidos ainda no início da manhã, chegaram à Redação do ES 24 Horas, mas a PM e nem a ACS ainda não haviam se manifestado sobre as prisões até a postagem desta informação.

O Soldado Borges estava lotado na Companhia Independente de Missões Especiais no 4º BPM e tinha 10 anos de corporação. Ele iria completar 30 anos no mês que vem. A vítima deixa uma filha de dois anos e a esposa, que está grávida de um menino, informou a ACS.