Dorso: Erro de português derruba carga de toneladas de Maconha que chegaria a Vila Velha

Um erro de português na palavra “dorso”, que estava escrita com “ç”, derrubou uma carga de maconha nesta terça-feira (21), e impediu que a droga chegasse a Vila Velha, aqui no Espírito Santo. A apreensão ocorreu em Cajati (SP), durante operação de combate ao crime, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio da Receita Federal.

A droga, cerca de 4 toneladas, estava escondida num container que transportava partes congeladas de frango. Segundo a nota fiscal, a carga seria de "dorço" de frango, um flagrante crime contra a língua portuguesa.

Preso em flagrante, o motorista disse que carregou a carga de congelados em Cascavel/SC, e que, logo após, pediu para um amigo carregar o caminhão com a carga de Maconha. Disse ainda que descarregaria as cargas em Vila Velha e que receberia pelo frete R$ 21 mil, R$ 6 mil pela carga de frango e R$ 15 mil pela carga de Maconha.

Desconfiados após constatarem o erro de português, os policiais decidiram abrir o container, e dentro dele havia, realmente, uma grande carga de dorso de frango congelado. Porém, em meio aos congelados, escondida, também havia uma grande carga de Maconha.