Direto ao Ponto: Linhares pode ter orçamento de mais de meio bilhão de reais

Orçamento quase bilionário

O município de Linhares pode ter um orçamento de R$ 736.815.740,00. O Projeto de Lei que fixa a despesa e estima a receita anual foi enviada pelo prefeito Guerino Zanon (MDB) na sessão dessa segunda-feira (5) aos vereadores da Câmara Municipal de Linhares. A Lei Orçamentária Anual (LOA) foi entregue ao presidente da Comissão de Finanças, Jean Menezes (PRB).

 

Orçamento quase bilionário II

Na sessão ordinária, ao receber o documento, o vereador Jean Menezes informou que a Comissão de Finanças fará, no dia 13 de novembro, às 18 horas, uma audiência pública para discutir a Lei Orçamentária. Após esse encontro com a sociedade civil organizada, os vereadores terão três sessões para discutir e apresentar emendas ao orçamento.

 

Orçamento quase bilionário III

Um dos números que chamam a atenção é o valor destinado à Secretaria de Obras e Serviços Urbanos do município. Ainda em 2018, o valor assegurado para investimentos e serviços era de R$ 76 milhões. Para 2019, a projeção do governo municipal é um orçamento de R$ 167.022.563,00. O montante indica, ao menos, a pretensão de novos investimentos e obras para o município de Linhares. Vamos aguardar.

 

Advogado no comando

O município de Sooretama –e também os demais estados capixabas- precisa avançar nas políticas públicas de saúde, educação e programas sociais. Comandada pelo advogado Gustavo de Castro Neves, a Secretaria Municipal de Trabalho Assistência Social e Cidadania tem sido uma das mais produtivas da gestão do prefeito Alessandro Broedel (PSBD). Gustavo é ativo nas redes sociais e sempre apresenta as ações do governo em seu Facebook.

 

Três anos do Rio de Lama

Três anos após o rompimento da barragem em Mariana (MG), o país e o mundo ainda carecem de respostas. No dia 5 de novembro de 2015, o acidente matou 19 pessoas e destruiu 650 km de ecossistemas, espalhando rejeito de minério de pelo Rio Doce até o mar em Regência, em Linhares (ES). O vereador Fabrício Lopes (PMDB) relembrou o caso. “Até agora não teve nenhum laudo público falando sobre os danos reais. É importante a Casa (Câmara) estar junto nesse processo de reconstrução dos locais destruídos. Todos tem o compromisso e obrigação de cobrar.”

 

Domingo de entrevista

A partir das 9h do próximo domingo, a coluna inicia uma série de entrevistas com políticos e outras personalidades da região. Tem uma sugestão? Manda pra gente no email: Jornalismo@es24horas.com.br

 

Povo fala: “Se é gostoso faz logo, amanhã pode ser ilegal.” Millôr Fernandes