Direto ao Ponto: 14 partidos vão ficar sem dinheiro público e propaganda eleitoral gratuita

Sem dinheiro, sem TV

A partir do ano que vem, 14 dos 35 partidos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) serão enquadrados na cláusula de barreira e vão ficar sem tempo de propaganda gratuita no rádio e na TV e sem verba do fundo partidário. Os partidos são: Rede, Patriota; PHS; Democracia Cristã; PCdoB; PCB; PCO; PMB; PMN; PPL; PRP; PRTB; PSTU e; PTC.

 

Sem dinheiro, sem TV II

O Rede, o PHS, PRP e o PRTB estudam a possibilidade de fusão entre outras siglas para manter o fundo partidário e o tempo de TV. Há conversas para que o Rede, de Marina Silva, seja fundido com o PV e que o PRTB, legenda do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, se una ao PSL do presidente Jair Bolsonaro.

 

De olho em 2020

O prefeito de Aracruz Jones Cavaglieri (Solidariedade) deve se filiar em breve ao PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro. O partido dele não foi atingido pela cláusula de barreira, mas a possibilidade de filiação foi confirmada pelo diretório estadual do PSL. Jones é aliado de primeira hora do presidente do partido no Espírito Santo, o deputado federal Carlos Manato. O prefeito foi o principal cabo eleitoral de Manato nas últimas eleições.

 

De olho em 2020 II

Manato foi candidato a governador do estado em outubro e ficou em segundo lugar com 525.973 votos, o que representa 27,22% dos votos válidos. Considerado um dos principais representantes de Bolsonaro no ES, Manato busca o fortalecimento do partido em território capixaba já de olho nas eleições municipais de 2020. Com o partido organizado e o sucesso de Bolsonaro nos próximos quatro anos, Manato se credencia a uma nova disputa ao Palácio Anchieta.

 

Falando nisso...

Alguém sabe qual partido vai assinar a ficha de filiação do presidente da Câmara de Aracruz, vereador Alcântaro Filho?

 

Destino desconhecido

Quem também já está arrumando as malas para pular do barco do PHS é o vereador de Linhares Estéfano Silote.


Povo fala: "Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar." William Shakespeare