Cineclube Guaiamum vai exibir maratona filmes no Museu Histórico de Santa Cruz

No mês de janeiro o Museu Histórico de Santa Cruz vai receber uma maratona de filmes brasileiros, com a chegada do Cineclube Guaiamum. Obras cinematográficas com temas variados e classificação livre serão exibidas de forma gratuita para o público aos domingos. A primeira sessão será no dia 13 de janeiro, a partir das 19h30.

Circuito de curtas na primeira sessão
Estreando a temporada de sessões, o Cineclube irá exibir de forma gratuita um circuito de curtas metragens do gênero ficção, gravadas em várias partes do Brasil. Um dos filmes foi produzido na Aldeia Parkartejê, no Pará, junto a uma importante população de indígenas localizada na Reserva Mãe Maria, que abriga povos dos grupos Gavião do Oeste e Gavião da Montanha.

Em â€œA Guerreira e o Gavião”, de Robson Messias, o público vai acompanhar a jornada de uma jovem em busca de suas origens. Atormentada pelo sentimento de dúvida e não pertencimento, ela decide enfrentar os parentes e buscar a verdade sobre sua história.

Outro curta que será destaque durante a primeira sessão foi gravado na região da Chapada Diamantina. â€œChica”, de Andrea Guanais, conta a história de uma mulher garimpeira no interior da Bahia, sua luta, sua sorte e destino contados com os ingredientes de ação, aventura e mistério que nas terras da chapada diamantina são sempre pano de fundo.

Mais três curtas estarão em cartaz no Museu Histórico de Santa Cruz, no domingo, 13 de janeiro. â€œA Aventura da Primeira Bicicleta”“Rasga Mortalha” e â€œTropel” são outras produções que serão exibidas, a partir das 19h30.

 

ROTEIRO DE FILMES:

GUERREIRA GAVIÃO (Fic)
Ficção, Robson Messias (Bom Jesus do Tocantins/ PA)

SinopseInspirada em histórias reais, a ficção conta a jornada de uma jovem em busca de suas origens. Atormentada pelo sentimento de dúvida e não pertencimento, ela decide enfrentar os parentes e buscar a verdade sobre sua história.

 

–

CHICA

Ficção, Andrea Guanais (Lençóis/ BA)

 

Sinopse: Uma mulher garimpeira no interior da Bahia, sua luta, sua sorte e destino contados com os ingredientes de ação, aventura e mistério que nas terras da chapada diamantina são sempre pano de fundo. 

–

A AVENTURA DA PRIMEIRA BICICLETA 
Ficção, Carlos Henrique da Costa (Águas de Lindóia/ SP)


Sinopse: Inspirado nas memórias de infância do diretor, o filme conta as aventuras de Carlinhos em sua busca pela realização do sonho de ter a primeira bicicleta. Entre as dificuldades enfrentadas, Carlinhos vivencia a descoberta de valores que levará por toda a vida, como a amizade, a solidariedade e a perseverança.

 

–

RASGA MORTALHA 
Ficção, Patrícia de Aquino (São Domingos do Cariri/ PB) 

Sinopse: Inspirado nas memórias de infância do diretor, o filme conta as aventuras de Carlinhos em sua busca pela realização do sonho de ter a primeira bicicleta. Entre as dificuldades enfrentadas, Carlinhos vivencia a descoberta de valores que levará por toda a vida, como a amizade, a solidariedade e a perseverança.

 

– 
TROPEL 
Ficção, Cesar Theis (Guarujá do Sul/ SC)

SinopseTito é um menino que vive com seus avós no interior de Santa Catarina. Enquanto brinca e cresce, vai descobrindo nas histórias do avô mais do que palavras.