Deputado marca audi√™ncia p√ļblica para debater pol√≠tica de pre√ßos do caf√©

A pedido do deputado federal Evair de Melo (PP-ES), a Comiss√£o de Agricultura da C√Ęmara dos Deputados marcou para o dia 14 de maio uma audi√™ncia p√ļblica para tratar sobre a pol√≠tica de pre√ßos m√≠nimos do caf√© e o impacto gerado em toda a cadeia produtiva.

Participar√£o da audi√™ncia representantes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Luiz Carlos Bastianello, presidente da Cooperativa Agr√°ria dos Cafeicultores de S√£o Gabriel da Palha (Cooabriel), Enio Bergoli, analista em desenvolvimento rural do Incaper, M√°rio Ferraz de Ara√ļjo, gerente do Departamento de Desenvolvimento T√©cnico da Cooperativa Regional dos Cafeicultores de Guaxup√© (Cooxup√©), al√©m de Breno Mesquita, presidente da Confedera√ß√£o Nacional da Agricultura e Pecu√°ria (CNA).

 

Preços Baixos

Vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecu√°ria (FPA), Evair enviou um pedido √† ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para que fossem revisados os pre√ßos m√≠nimos do caf√© determinados pela Conab. Nessa tabela, a saca de conilon ficou em R$ 210,13 e o de ar√°bica em R$ 362,53, ambos no per√≠odo de abril de 2019 a mar√ßo de 2020. A ministra solicitou ao presidente da Conab, Newton Ara√ļjo Silva J√ļnior, que fa√ßa todos os levantamentos poss√≠veis para que o pre√ßo m√≠nimo do caf√© seja reavaliado.

O parlamentar, que representou o parlamento brasileiro na 124¬™ Sess√£o do Conselho Internacional do Caf√© no Qu√™nia, considera que os valores nem ao menos igualam os aumentos dos pre√ßos dos insumos e dos investimentos na produ√ß√£o. ‚ÄúEstes novos valores estabelecidos ter√£o como impacto a queda do valor de mercado da saca de conilon para n√≠veis abaixo do custo operacional da produ√ß√£o, o que causar√° amplos preju√≠zos a todo o Estado do Esp√≠rito Santo, que √© o maior produtor de caf√© conilon do pa√≠s e possui nesta cultura uma de suas grandes fontes de renda e emprego‚ÄĚ, frisou Evair de Melo.

De acordo com a estimativa do Centro do Desenvolvimento do Agronegócio do Espírito Santo (Cedagro), o custo total da produção de café conilon pode chegar até R$ 313,00, valor 33% maior que o preço mínimo estabelecido. Já o custo do arábica para o produtor, dependendo da produtividade, pode chegar até R$ 553,00, 35% a mais que o valor mínimo da Conab.

 

Atuação

Evair √© autor de dois projetos de lei voltados √† cafeicultura no Brasil. O PL 1712/15 barra as importa√ß√Ķes de caf√© de pa√≠ses que n√£o possuem leis ambientais e trabalhistas t√£o r√≠gidas quanto √†s brasileiras. J√° o PL 1713/15, aprovado na C√Ęmara e em tramita√ß√£o no Senado, institui a Pol√≠tica Nacional de Incentivo √† Produ√ß√£o de Caf√© de Qualidade, garantindo instrumentos essenciais para o aumento da qualidade dos gr√£os, como assist√™ncia t√©cnica, extens√£o rural especializada, cr√©dito rural e capacita√ß√£o.

ÔĽŅ
ÔĽŅ