Grupo Escoteiros e Associação de Surf são reconhecidos como utilidade pública em Linhares

O 35° Grupo Escoteiro Linhares teve a sua utilidade pública reconhecida por meio da aprovação do Projeto de Lei n° 2798/2019, de autoria do vereador Ricardo Bonomo. O tema foi matéria da sessão da Câmara dos Vereadores na última segunda-feira, dia 5.

Ao utilizar a tribuna, a representante do grupo de escoteiros Renata Bissoli contou sobre o surgimento do movimento e ressaltou a importância do projeto educativo escoteiro, que abarca crianças e adolescentes dos 6 e meio até os 21 anos com atividades que envolvem os aspectos físicos, psicológicos, espirituais, sociais e de habilidades escoteiras para uma vida independente e autônoma. Atualmente o grupo atua na formação de 50 crianças e adolescentes.

A Associação de Surf de Linhares (ASL) também teve a sua utilidade pública declarada por meio do PL n° 3265/2019, de autoria do vereador Marcelo Pessoti. A associação é referência na área esportiva e contribui de forma significativa no desenvolvimento de atividades esportivas, sociais, culturais e recreativas em Linhares.

O PL n° 3345/2019, encaminhado pelo Poder Executivo Municipal, aprovado durante à sessão, dispõe sobre o parcelamento de débitos do município de Linhares com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais e Renováveis (Ibama), e dá outras providências.

O projeto salienta a necessidade da gestão municipal encontrar formas eficientes de gerir os recursos públicos sem prejudicar as demandas populares e mantendo-se adimplente junto aos órgão federais e municipais.