Banestes alcança lucro líquido de R$ 109 milhões no primeiro semestre do ano

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes S.A.) teve lucro líquido de R$ 109 milhões no primeiro semestre de 2019, uma evolução de 34,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Recebem destaque a expansão das receitas de prestação de serviços (+10,9%) e de operações de crédito (+4,6%), além dos ganhos com eficiência tributária. Os números foram divulgados em reunião pública, realizada na manhã desta terça-feira (13), no Palácio Anchieta, em Vitória-ES.

O governador Renato Casagrande comemorou o resultado e falou sobre a importância do Banestes para o desenvolvimento do Espírito Santo. “São boas notícias por conta dos resultados. Meus parabéns ao banco, aos seus diretores e servidores, que conseguiram formar um espírito de proteção à imagem e focados em dar resultados. Uma instituição que é abraçada pelos capixabas, com uma direção profissionalizada e que dá resultados.  O que mantém um banco público é o resultado e esperamos que continue crescente”, afirmou.

Casagrande lembrou que o Banestes está presente em todos os municípios capixabas e colabora com o desenvolvimento do Espírito Santo. Ele ressaltou a parceria do banco com o Bandes (Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo) e a sua participação nos aportes do Fundo de Obras e Infraestrutura Estratégica para o Desenvolvimento do Espírito Santo.

“O trabalho conjunto entre as duas diretorias é fundamental. Aportamos mais de R$ 900 milhões do Fundo de Investimento no banco e isso aumenta a responsabilidade do Banestes no desenvolvimento que buscamos para o Espírito Santo. O banco está se aperfeiçoando no atendimento virtual e também pessoalmente de forma personalizado”, disse o governador.

O presidente do Banestes, Amarildo Casagrande, afirmou que o resultado positivo faz jus a estratégia que vem sendo adotada para a expansão da rede de clientes e de negócios do Banco. “O Banestes tem ampliado as ações em prol da expansão do crédito, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento econômico do Espírito Santo. Além disso, tem investido fortemente nas soluções via canais digitais, em conformidade com os seus concorrentes, mas sem perder de vista o foco no atendimento presencial com qualidade e agilidade, de forma a proporcionar, cada vez mais, a melhor experiência para o cliente”, destacou.

O resultado positivo do semestre, segundo Amarildo Casagrande, demonstra que “o Banestes é um banco público forte, alinhado às modificações do mercado e em ativo crescimento. Não posso deixar de destacar também que o resultado é reflexo do desempenho extraordinário que a equipe de funcionários vem alcançando”.

O diretor de Relações com Investidores e Finanças do Banestes, Fernando Poncio Paiva, detalhou os resultados obtidos para o público presente, composto por autoridades do Estado, representantes da Diretoria do Banco, acionistas, analistas de investimentos, jornalistas e outros convidados.

Paiva comemorou o resultado positivo e pontuou que as ações em prol do crédito têm gerado resultados positivos para o Banco. “O lucro líquido alcançado pelo Banestes nesse primeiro semestre é resultado direto do aumento do fomento do crédito pulverizado e da receita de serviços. Além disso, a baixa da Selic proporcionou um aumento na procura por aplicações em fundos de investimentos do Banestes”, disse.