Câmara dos Deputados debate Turismo Rural nesta quarta-feira

O turismo rural, atividade com grande potencial em nosso país, será tema de debate na Câmara dos Deputados. As Comissões de Turismo (CTur) e de Agricultura (CAPADR) realizam em conjunto nesta quarta-feira (18), uma audiência pública para discutir formas de aprimorar o Turismo Rural no Brasil.

Membro das duas comissões e Vice-Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o Deputado Federal Evair de Melo (PP-ES) faz uma reflexão sobre o papel social do turismo e da agricultura para o Brasil e também quanto ao papel da política para o crescimento do setor agroturístico.

“O nosso potencial turístico é, talvez, o grande legado que o país tem. Nenhuma nação tem um povo tão multicultural quanto o Brasil. Ao mesmo tempo, a principal base da economia brasileira atualmente é a nossa agricultura. Se a agricultura é protagonista e tem todo esse poder de impulsionar a economia brasileira, tenho a certeza de que o nosso agroturismo tem um grande potencial para ser um dos principais pilares do turismo brasileiro e potencializá-lo, enquanto agentes políticos que somos, é a nossa meta”, declarou Evair.

O parlamentar é autor do Projeto de Lei 1711/2015, que declara oficialmente Venda Nova do Imigrante como a Capital Nacional do Agroturismo. Evair também apresentou um requerimento, aprovado pela Comissão do Turismo (CTUR), que criou a Subcomissão Permanente do Agroturismo e Turismo Rural.

Estão convidados para a audiência pública os ministros da Agricultura e do Turismo, Tereza Cristina e Marcelo Álvaro Antônio, respectivamente, o professor do Instituto Federal de Santa Catarina, Luiz Otávio Cabral, o representante do Sindicato de Turismo Rural e Ecológico do Distrito Federal, Fragmar Diniz Leite, a representante do Instituto Brasil Rural, Andreia Roque, e a proprietária do Hotel Fazenda Raizama, Sandra Regina de Carvalho.

 

Ruraltur

Em 2019, o agroturismo do Espírito Santo chamará a atenção de todo o país. Pela primeira vez, a principal feira de turismo rural do Brasil será realizada fora da Região Nordeste. A Ruraltur chegará a sua 15ª edição e acontecerá de 20 a 22 de novembro de 2019, em Venda Nova do Imigrante, sendo uma grande chance para que o agroturismo local possa se expandir.

“Trazer um evento do porte da Ruraltur é dar o reconhecimento por tudo de bom que o setor tem feito no estado. Estamos abrindo um excelente espaço para crescimento de negócios, parcerias e trocas de conhecimentos”, afirma Evair de Melo

Para o vereador e ex-secretário de Turismo, Esporte e Lazer de Venda Nova do Imigrante, Marco Grillo, a expectativa para o evento é “consolidar o Espírito Santo como referência nacional em destinos rurais e socializar conhecimentos e legislações sobre o agroturismo com outros centros importantes para que possamos aperfeiçoar o nosso potencial”.

 

Agroturismo no ES

O Espírito Santo foi um dos primeiros estados a desenvolver o turismo rural no Brasil, sendo uma das áreas mais fortes do agro capixaba. Começou com foco inicial na Região Serrana e se expandindo até para a Grande Vitória e atualmente temos 31 circuitos de agroturismo.

O Espírito Santo tem um grande potencial na gastronomia, onde temos cafés, vinhos, queijos artesanais e o famoso Socol, que já possui sua Indicação Geográfica. Além disso, cada vez mais cresce a demanda de turistas que não só querem degustar essas comidas, mas também conhecer o processo de produção das iguarias nas agroindústrias e vinícolas espalhadas pelo estado.

Além da gastronomia, o artesanato capixaba nas rotas do agroturismo chamam a atenção dos turistas, que circulam pelo estado buscando produtos como cestas, peças feitas com madeira, mármore ou granito para inovarem as decorações de suas casas ou locais de trabalho.