Cadáver carbonizado é encontrado na região de Urussuquara, no Norte do Estado

Policiais militares do 13º Batalhão e a perícia técnica da Polícia Civil foram acionados para atender uma ocorrência que chamou a atenção pela violência na manhã desta quarta-feira (9) em Urussuquara, no Norte do Estado.

Testemunhas disseram que no local havia um corpo com arame em volta, e que a pessoa poderia ter sido queimada viva. O ato de crueldade foi praticado às margens da estrada que liga Urussuquara a Guriri, em São Mateus, um pouco antes de uma ponte.

"Amarraram ele (a pessoa que pode ter sido torturada) com arame, as mãos e depois passaram pelo corpo. É muita crueldade", comentou o leitor.

Não havia documentos ou objetos que possam, a princípio, ajudar na identificação da vítima, e não há confirmação oficial de que a pessoa tenha sido queimada viva. O corpo seria levado para o Serviço Médico Legal de Linhares. Qualquer informação pode ser passada anonimamente para o 181.

Com informações do site Eu Vi Em Linhares