Campanha
Saúde

Linhares contratualiza leitos cirúrgicos para desafogar HGL e permitir a liberação de leitos para os casos graves da Covid-19

Serão atendidos pacientes que necessitam de realizar cirurgias ortopédicas com fraturas, que hoje é a maior demanda reprimida do Município

04/06/2020 23h06
Por: Redação ES 24 HORAS

A Prefeitura de Linhares contratualizou, junto à Fundação Beneficente Rio Doce, leitos para a realização de cirurgias com a respectiva internação e acompanhamento. Serão atendidos pacientes que necessitam de realizar cirurgias ortopédicas com fraturas, que hoje é a maior demanda reprimida do Município.

O objetivo da medida é fortalecer a rede de serviços, otimizando o uso da estrutura atual para desafogar a demanda no HGL, além de reduzir a lotação do pronto socorro da unidade hospitalar, e concentrar os atendimentos da Covid-19 no hospital. O investimento é de R$ 90 mil por mês, com recursos próprios complementares da Prefeitura.

Segundo o prefeito de Linhares, Guerino Zanon, a contratualização dos leitos vai assegurar assistência qualificada a população, além de minimizar o tempo de espera dos pacientes. Atualmente os pacientes são cadastrados na central de regulação de leitos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e dependem de disponibilidade de hospitais em hospitais da Grande Vitória para realização das cirurgias.

“O papel da contratualização é liberar o Hospital Geral de Linhares das demandas reprimidas e proporcionar o atendimento rápido aos pacientes e seus familiares, que em muitos casos aguardam por dias pela cirurgia via Regulação do Estado. A partir de agora, passaremos a contar com a possibilidade de realizar as cirurgias no Hospital Rio Doce, possibilitando a transferência destes pacientes e reduzindo a lotação do HGL”, salientou o prefeito.

Erenilton Santana de Jesus, de 41 anos, foi um dos primeiros pacientes que não dependeram da Central de Regulação do Estado para realizar a cirurgia. Em média um paciente espera de 15 a 20 dias para realizar o procedimento pelo Estado. “Assim que cheguei ao HGL fui atendido imediatamente e logo transferido para o Hospital Rio Doce para fazer a cirurgia. Quero agradecer à prefeitura por esta iniciativa de fazer as cirurgias aqui mesmo na cidade. Fui muito bem atendido e não precisei esperar nada”, frisou.

 

Transferência

Com a contratualização das cirurgias ortopédicas, os pacientes cirúrgicos, com fraturas, que chegarem ao HGL serão transferidos, obedecendo a critérios técnicos. Após darem entrada no HGL, os pacientes serão transferidos, no prazo de 24 horas para o Hospital Rio Doce.

Com esta medida, segundo o secretário municipal da Saúde, Saulo Rodrigues Meirelles, o fluxo de pacientes no HGL tende a diminuir. E com isso, será assegurado um atendimento ainda mais eficaz aos pacientes com sintomas, suspeitas e confirmados do coronavírus, além de atender os pacientes ortopédicos com maior rapidez.

“Com o reforço de 30 cirurgias ortopédicas por mês, os pacientes do HGL terão suas cirurgias realizadas no menor tempo, possibilitando que retomem suas atividades normais”, salientou Meirelles

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Linhares - ES Notícias de Linhares - ES
Vitória - ES
Atualizado às 08h40
22°
Alguma nebulosidade Máxima: 31° - Mínima: 16°
22°

Sensação

6 km/h

Vento

78%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ripple
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas