Detran
Campanha
Virou Fumaça

Polícia Civil encaminha mais de uma tonelada de drogas para incineração

A ação é alusiva ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas

26/06/2020 18h48Atualizado há 2 semanas
Por: Redação ES 24 HORAS

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) encaminhou, nesta sexta-feira (26), mais de uma tonelada de entorpecentes para destruição e incineração em uma siderúrgica. O material é fruto de apreensões realizadas pelas forças de segurança do Estado. A ação é alusiva ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, que está inserido na Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas (que acontece na quarta semana do mês de junho). O Departamento Especializado em Narcóticos (Denarc) é responsável pela logística e pelo transporte do material.

Em cerimônia reservada, o governador Renato Casagrande, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, e policiais da Denarc, acompanharam a saída do material da delegacia para o local da incineração. Por motivos de segurança, o acesso ao local de destruição da droga é restrito a poucas pessoas. Apenas policiais e alguns funcionários da empresa permanecem na área durante a incineração.

Na ocasião, o governador Casagrande destacou o trabalho realizado pelas forças de segurança no combate ao tráfico de drogas, que é responsável por maior parte dos casos de criminalidade violenta.  “O trabalho feito pelas policias é um trabalho que produz resultados, representando por todas essas drogas apreendidas e que agora serão incineradas. Vamos continuar nesse trabalho forte da Policia Militar e da Policia Civil, integradas com outras forças de segurança”, afirmou.

O governador também conclamou que outros setores da sociedade também façam parte do esforço no enfrentamento à criminalidade, em especial, do tráfico de drogas. “É fundamental que a gente tenha a participação da família, comunidade e da igreja para que possamos retirar as pessoas do tráfico e reduzir ainda mais a criminalidade em nosso Estado”, pontuou Casagrande.

O secretário da Segurança Pública fez coro às palavras do governador e agradeceu o empenho de policiais civis e militares no enfrentamento ao crime. “A queima dessas drogas simboliza a extinção dos males que elas trazem para a nossa sociedade. Hoje em dia, o comércio desses entorpecentes é a atividade criminosa que mais tira as vidas dos nossos jovens. Agradeço muito aos nossos policiais pelo empenho no combate ao tráfico e damos muito valor a cada grama apreendido. Também não podemos deixar de destacar o trabalho de denúncia da população pelo telefone 181, que contribui de forma crucial para o sucesso da Segurança Pública”, disse coronel Ramalho.

O delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, também pontuou a importância do trabalho integrado entre as várias forças de segurança para desarticular as organizações criminosas no Espírito Santo. “A retirada dessa droga do mercado representa um forte golpe na estrutura do tráfico de drogas. Isso é fruto de um trabalho das Polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal, além das Guardas Municipais, que atuam em conjunto, e demonstram para a sociedade o quanto as polícias vêm trabalhando no combate à oferta da droga’, ressaltou.

A Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas foi criada em 2019, a partir da inclusão do artigo 19-A, na Lei de Drogas nº 11.343/2006, no Brasil. O Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas – celebrado todo ano em 26 de junho – se dá como expressão de sua determinação em fortalecer a ação e a cooperação para alcançar a meta de uma sociedade internacional livre do abuso das drogas.

“Durante a Semana, são intensificadas as ações de promoção de eventos para o debate público sobre as políticas antidrogas. Como símbolo de um dos eixos fundamentais do enfrentamento às drogas, o Denarc realizou o encaminhamento para destruição de mais uma tonelada de drogas apreendidas nesse primeiro semestre de 2020. Essas apreensões demonstram o compromisso com ações de redução de oferta de drogas”, declarou o chefe do Denarc, delegado Tarcísio Otoni.

Na ocasião, o chefe do Departamento Especializado em Narcóticos também fez um balanço sobre o trabalho do Denarc no primeiro semestre de 2020. Entre janeiro e junho deste ano, mais de 400 quilos de drogas foram apreendidos nas operações realizadas pelo Órgão. Em 240 operações, foram retirados de circulação quase 395 quilos de maconha, mais de dois quilos de crack e 11 quilos de cocaína. Isso representa um aumento 20% no volume de apreensões, em relação ao mesmo período do ano passado.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Vitória - ES
Atualizado às 08h30
22°
Alguma nebulosidade Máxima: 31° - Mínima: 18°
22°

Sensação

7 km/h

Vento

83%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ripple
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas