Sesa Dengue
Esporte

Campeão mundial de tênis em cadeira de rodas disputa campeonato nacional em Brasília

O jogador, contemplado pelo programa Bolsa Atleta, do Governo do Estado, está entre os oito melhores do ranking da International

20/10/2020 19h37
Por: Redação ES 24 HORAS

O campeão mundial de tênis em cadeira de rodas, Adalberto Rodrigues, disputará a Copa Brasileira Profissional da modalidade, que vai acontecer no Sesc de Taguatinga, em Brasília, a partir desta quinta-feira (22). O jogador, contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), está entre os oito melhores do ranking da International Tennis Federation (ITF) selecionados para o torneio.

Esse critério de escolha foi tomado pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT) para restringir a quantidade de pessoas no evento, tendo em vista a situação de enfretamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Brasil.

Empolgado por estar entre os oito selecionados para o torneio, Rodrigues afirmou que irá usar da experiência em quadra para suprir os poucos treinos que está tendo, já que são raros os locais que estão disponíveis para a preparação. Ele comentou ainda sobre a esperança de outras competições serem realizadas neste ano.

“Estou muito feliz de estar entre os oito escolhidos, mas falar de expectativa é complicado, pois poucos lugares estão abrindo para poder treinar. Infelizmente, o torneio foi confirmado com pouco tempo hábil para uma melhor preparação. Apesar disso, já há uma expectativa para outros acontecerem ainda este ano, então a competição já vale de aquecimento para as próximas que tiverem”, disse Rodrigues, que vem treinando apenas duas vezes na semana.

 

Bolsa Atleta

Contemplado na categoria nacional do Bolsa Atleta, o tenista falou sobre a importância do benefício que continuou a ser pago pelo Governo do Estado, mesmo durante a paralisação das atividades esportivas.

“Foi muito importante o Estado ter mantido o beneficio durante a pandemia, para que os atletas conseguissem se manter fisicamente e mentalmente durante este período. Estou indo para o torneio em que muitos atletas de outros estados, mesmo estando no ranking, não puderam ir por falta de apoio financeiro e isso eu tenho só a agradecer ao Bolsa Atleta por ter mantido as parcelas em dia e me possibilitar competir”, afirmou.

Neste ano, o Programa Bolsa Atleta beneficia 121 atletas e paratletas de alto rendimento, com auxílio financeiro mensal que varia de acordo com a categoria do atleta, dentro do edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico). O investimento total da Sesport no programa é de R$ 2,1 milhões.

O valor recebido pelo atleta pode ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte urbano ou para participar de treinamentos e competições, além de aquisição de material esportivo.

 

Calçada da Fama

Adalberto Rodrigues também integra a lista dos cinco nomes que foram eternizados na segunda edição da Calçada da Fama, da Sesport. Ele declarou sua gratidão ao público capixaba que o contemplou com esta homenagem.

“É muito gratificante ter sido indicado para a Calçada da Fama. Fiquei muito agradecido pelo trabalho que eu fiz, não por mérito, mas por ser feliz com o que gosto de fazer que é o esporte. Ser confirmado por votação popular me deixa feliz da vida e quero a cada dia poder honrar esta homenagem que o povo capixaba passou para mim”, agradeceu Rodrigues.

A previsão é que a Calçada da Fama seja inaugurada na segunda quinzena de novembro, com a presença dos atletas eleitos na primeira e segunda edição da homenagem.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.