Sesa Dengue
Mulher

Empreendedorismo feminino: oportunidade e empoderamento

Os desafios são inúmeros, mas para cerca de 200 mil mulheres do Estado que resolveram apostar nas suas próprias habilidades, deu certo

20/11/2020 19h40
Por: Redação ES 24 HORAS

Entrar no mundo do empreendedorismo feminino não é uma tarefa fácil, muito pelo contrário, é preciso ter máxima dedicação, empenho, além de vontade de trabalhar para fazer o negócio dar certo. Os desafios são inúmeros, mas para cerca de 200 mil mulheres do Estado que resolveram apostar nas suas próprias habilidades, deu certo.

Este é o caso da empreendedora Laura Emília Genizeli de 40 anos. Por 25 anos ela fez parte do mercado de trabalho, atuando na área da educação e se se viu sem emprego, em maio deste ano, por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Laura Genizeli contou que sua sogra vendia semijoias. Em alguns momentos, ela levava as peças para vender para as amigas e tinha habilidade para as vendas. Foi daí que surgiu a ideia de ter seu próprio negócio.

A empreendedora abiu a Thereza, uma loja on-line especializada em joias e semijoias, e oferece consultoria personalizada para as clientes.  “Eu não sabia o que era empreender e o empreendedorismo se tornou um grande desafio na minha vida. Entrei nesse mundo e não tem mais volta, resolvi me qualificar, fiz cursos para saber tudo sobre as semijoais, além de fazer cursos para entender o ambiente virtual e as redes sociais onde minhas vendas acontecem”, disse Laura Emilia Genizeli.

Um elemento essencial para fazer o negócio dar certo, segundo Laura, foi não perder a essência. “Thereza vem dos nomes da minha avó e da minha filha, pessoas batalhadoras e que oferecem muito amor, força e autenticidade, é isso que o meu negócio representa. Hoje, estou muito realizada em empreender”, afirmou.

Para a diretora administrativa e financeira da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas do Estado (Aderes), Sandra Aragão, as mulheres são as que mais sofrem com o fechamento de vagas formais de trabalho, apesar disso, são as que mais se reinventam, buscando alternativas. Ou para complementar o orçamento familiar ou sua própria independência financeira, e com isso se torna um diferencial para a sociedade.

“As mulheres são mais determinadas, corajosas, não têm medo de trabalhar. Mas, um negócio vai além disso, é preciso ter conhecimento de gestão, saber lidar com o financeiro, fazer planejamento. É aí que a Aderes entra, proporcionando conhecimento voltado ao empreendedorismo, temos o projeto Delas com esse objetivo. É possível aprender a empreender e nós vamos proporcionar um suporte para quem precisar”, afirmou a diretora da Aderes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Vitória - ES
Atualizado às 19h05
25°
Muitas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 22°
25°

Sensação

13 km/h

Vento

83%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Ripple
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas