29°

Nuvens esparsas

Vitória - ES

Esportes Esporte

Casagrande encaminha projeto de lei para reestruturação do Bolsa Capixaba

O objetivo é a readequação da lei que regulamenta o programa, possibilitando o acesso de famílias que se enquadram no recorte de extrema pobreza ao benefício

15/12/2021 às 12h48
Por: Redação ES 24 HORAS
Compartilhe:
Foto: Hélio Filho/Secom
Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta terça-feira (14), o envio à Assembleia Legislativa do Projeto de Lei que visa à reestruturação do Bolsa Capixaba. O objetivo é a readequação da lei que regulamenta o programa,  possibilitando o acesso de famílias que se enquadram no recorte de extrema pobreza ao benefício.

Inicialmente criado para complementar a renda dos beneficiários do Programa Bolsa Família, o Bolsa Capixaba era totalmente vinculado ao extinto programa federal. Com o fim do Bolsa Família e a criação do Auxílio Brasil, que é estruturado a partir de novas regras, o Governo do Estado viu a necessidade de ajustar a legislação da lei que regulamenta o Bolsa Capixaba.

A adequação vai garantir que as famílias extremamente pobres do Espírito Santo e que não fazem parte da lista de beneficiários do Auxílio Brasil, recebam o benefício estadual. São consideradas famílias extremamente pobres, aquelas com renda de até R$ 100 por pessoa.

Com a reestruturação, o Bolsa Capixaba passará a atender, inicialmente, cerca de 37 mil famílias capixabas que não recebem o Auxílio Brasil. A previsão do investimento estadual para o primeiro ano dentro da nova modalidade do Bolsa Capixaba é de aproximadamente R$ 73 milhões. O valor do benefício é variável, de acordo com a renda da família. A quantia mínima que uma família poderá receber é de R$ 50,00 e o máximo pode chegar até R$ 600,00.

“Encaminhamos o projeto de lei que reformula o Bolsa Capixaba, um programa de transferência de renda que criamos na nossa gestão anterior. Com o fim do Bolsa Família, vamos transferir esse benefício para as famílias que estão na extrema pobreza no Espírito Santo e não recebem qualquer tipo de benefício do Governo Federal, uma vez que o Auxílio Brasil não contempla todas as famílias que estão na extrema pobreza”, explicou o governador Casagrande.

De acordo com a secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo, o governo capixaba, ao garantir que as famílias que não recebem o Auxílio Brasil sejam atendidas pelo Bolsa Capixaba, dá um importante passo em direção à superação da pobreza no Espírito Santo.

“A reformulação do Bolsa Capixaba coincide com os dez anos de existência do programa, que foi criado na primeira gestão do governador Renato Casagrande. A longevidade e o mérito do programa estão no combate à miséria, por isso, a sua atualização é extremamente necessária. Quero parabenizar mais uma vez o governador, que reafirma seu compromisso com a proteção social”, destacou Cyntia Grillo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vitória - ES Atualizado às 14h55 - Fonte: ClimaTempo
29°
Nuvens esparsas

Mín. 23° Máx. 29°

Dom 31°C 22°C
Seg 32°C 21°C
Ter 30°C 23°C
Qua 32°C 22°C
Qui 34°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias