29°

Nuvens esparsas

Vitória - ES

Polícia Operação Masqué

Polícia Federal prende empresários capixabas envolvidos em esquema milionário de evasão de divisas e lavagem de dinheiro

Um dos investigados não foi encontrado no local e a partir de agora, passa a ser considerado foragido da Justiça e terá seu nome inscrito na lista de procurados da INTERPOL, composta por 190 países

14/01/2022 às 11h18
Por: Redação ES 24 HORAS
Compartilhe:
Polícia Federal prende empresários capixabas envolvidos em esquema milionário de evasão de divisas e lavagem de dinheiro

Policiais Federais da Delegacia de Repressão à Corrupção e Desvios de Verbas Públicas, a partir de investigação conjunta com o Ministério Público Federal e a Receita Federal do Brasil, deflagraram na manhã da última quinta-feira (13), a terceira fase da Operação Masqué, dedicada a reprimir a prática de crimes contra o sistema financeiro nacional, consistentes em evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

A terceira fase da operação Masqué (com duas fases anteriores deflagradas em 2019 e 2021) visa cumprir dois mandados de prisão preventiva na Grande Vitória. Um dos investigados não foi encontrado no local e a partir de agora, passa a ser considerado foragido da Justiça e terá seu nome inscrito na lista de procurados da INTERPOL, composta por 190 países.

A Polícia Federal contou também com o apoio de uma equipe da SEJUS para a colocação de tornozeleira eletrônica em outro investigado. Os nomes não foram divulgados pela Polícia Federal.

A investigação apurou a existência de uma organização criminosa dedicada a lavagem de capitais a partir da aquisição de imóveis, embarcações e veículos em nome de terceiros e à evasão de divisas. 

 

Entenda as fases

Na primeira fase, deflagrada ainda em 2019, a investigação apurou um esquema de evasão de divisas com a utilização de empresas que falsificavam e repetiam documentação para enviar dinheiro para o exterior. Naquele momento, a Justiça Federal decretou o sequestro de dezenas de imóveis avaliados em cerca de R$ 40 milhões.

Já na segunda fase, o objetivo foi investigar o crime de lavagem de dinheiro praticado pelos envolvidos na primeira fase da operação policial de mesmo nome, em especial, mediante a compra de imóveis, embarcações e veículos em nome de terceiros, além de empréstimos feitos fora do mercado formal de crédito.

O nome da operação é uma referência a ação dos investigados que buscava mascarar a real propriedade de vultoso patrimônio adquirido ilegalmente por meio das atividades da organização criminosa. 

 

Crimes Investigados

Os investigados responderão pelo crime de organização criminosa (art. 2º da Lei nº 12.850/2013), lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei nº 9.613/1998) e por efetuar operação de câmbio não autorizada com o fim de promover evasão de divisas do País (art. 22 da Lei nº 7.492/1986).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vitória - ES Atualizado às 14h34 - Fonte: ClimaTempo
29°
Nuvens esparsas

Mín. 23° Máx. 29°

Dom 31°C 22°C
Seg 32°C 21°C
Ter 30°C 23°C
Qua 32°C 22°C
Qui 34°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias